domingo, 25 de agosto de 2013

Postado por Adriana Lima Muller às 18:01
Reações: 
Uma saudade constante me acompanha agora que você partiu
Vontade de saber de você, como estás.
Ando sem rumo pelas ruas procurando você. Sem nunca encontrá-lo.
A saudade é tanta, existe uma dor de saber que não voltarei a tocar em seus lábios.
Trago sempre comigo todos os seus gestos e eu os guardei para sempre.
Amar você foi lindo. Jamais te esquecerei.
Você foi tudo, meu amigo, meu poeta, meu amor.
É uma pena que o tempo tenha passado tão depressa e que você não esteja mais aqui.
Quando me lembro de você sinto que há um sorriso entre nós.

E é como se nós nos amássemos outra vez.

0 comentários:

Postar um comentário

 

O Despertar de Adriana Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos